Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Not quite sun, not quite the moon



Segunda-feira, 27.05.13

Oito saudades numa lista

1. Acordar com o som do amolador a fiunfinar, correr porta fora destravada e ir trocar livros com o primo-paixoneta lá do canto da rua.
2. Ir ao senhor Daniel da loja comprar 100 gramas de Coqui e trazer, com o troco, uma caneta BIC para oferecer à minha mãe.
3. Apanhar papoilas a caminho do Olho da Mari'Paula e pedir aos santos em rezas muito bem fingidas que façam rebentar a nascente antes de lá chegar.
4. Estar no quintal da minha avó e ouvir «Olh'ó homem da batata doce!» e fugir imediatamente para debaixo do tanque para não ser caçada pelo velhaco do saco.
5. Jogar ao na-Nazaré-ninguém-pode-andar-em-pé com as primas entre as barracas com vista para o sítio de onde quase despencou Dom Fuas Roupinho.
6. Vestir roupa tricotada na Páscoa e pensar que aquilo pica mas estou tão bonita, não vale tirar, tens de aguentar.
7. Sair da aula de ciências com a desculpa da bexiga para beijar, de saia rodada de xadrez, o meu amor rebelde e repetente de 13 anos.
8. Achar que uma garrafa de Vodka e uma cassete com o unplugged dos Nirvana até a fita se gastar me vão salvar de crescer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por T.


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



por Tânia Raposo


Pesquisar

Pesquisar no Blog