Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Not quite sun, not quite the moon



Quinta-feira, 21.11.13

Obrigada

[Fotografia de TR]

Tudo a correr, pelo Chiado, hora de ponta, talvez. Mesmo assim, surge um hipersensível disposto a mudar o ângulo de inclinação da cabeça e, assíncrono, desalinhado, recebe o prémio desta singularidade colada no cimento, mesmo sem acentos, nem vírgulas, que foram deixadas para os puristas. Momento de romantismo, aqui permitido nos Acasos, uma vez sem exemplo.

Texto de Sofia Macedo, a propósito da fotografia acima, no Acasos de Comunicação. Obrigada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por T.



por Tânia Raposo


Pesquisar

Pesquisar no Blog